Itajaí Inicia segunda edição da ExpoMar com foco na transformação azul

Compartilhar

Iniciou nesta terça-feira, 09 de julho, em Itajaí - SC, capital nacional da pesca, a segunda edição da ExpoMar. O evento destaca os setores da pesca, maricultura e logística, e já conta com mais de 3000 inscritos.

A ExpoMar visa apontar tendências, aproximar visões de futuro e propor iniciativas. Com essa proposta, o evento reúne mais de 50 conferencistas no Congresso Internacional da Pesca e Maricultura e no Simpósio Catarinense da Piscicultura, debatendo temas como economia azul, mudanças climáticas, consumo, linhas de crédito e desafios do setor. Entre as atrações, destacam-se a feira de negócios, a cozinha show, o corredor do sabor e a produção da maior paella do Brasil. O evento ocorre de 09 a 11 de julho, no Centreventos Governador Luiz Henrique da Silveira.

A programação da ExpoMar foi construída com a participação de lideranças do setor, focando nos principais desafios e tendências futuras. Mais de vinte palestras, painéis e workshops compõem o congresso, que reúne mais de 60 especialistas e pesquisadores renomados do Brasil, Canadá, Chile e Oriente Médio. O tema central, "Transformação Azul na Pesca e Aquicultura", está alinhado ao conceito da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), propondo uma visão sustentável para a aquicultura, gestão eficaz na pesca e melhoria na cadeia de valor.

Na abertura oficial, realizada na noite desta terça-feira, 09 de julho, o presidente da ExpoMar, Altemir Gregolin, destacou que não há futuro na pesca e aquicultura sem sustentabilidade, rastreabilidade e certificação. Ele enfatizou a importância da pesquisa, estatística e ordenamento pesqueiro, além da produção sustentável na maricultura e piscicultura. Gregolin mencionou que o Brasil tem cinco milhões de pessoas que vivem da pesca, com PIB de R$ 27 bilhões e um mercado interno de 200 milhões de habitantes. Dados da FAO/Sofia indicam um crescimento de 19% no consumo, produção e comércio mundial de pescados nos últimos três anos, e o Brasil está destinado a ocupar um lugar de destaque nesse cenário.

Agnaldo Hilton dos Santos, presidente do Sindipi (Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região), co-organizador da ExpoMar, ressaltou o foco do evento na economia azul e a importância de recomendações para o plano de gestão da corvina, além dos desafios relacionados ao monitoramento de captura de atuns e a proposta de criação do parque nacional de Albardão, que pode gerar prejuízos irreparáveis no setor de pesca. Santos enfatizou a necessidade de dados precisos para o setor e a importância da parceria entre Sindipi, Univali e Fiesc no observatório da pesca.

O evento contou com a participação de diversas autoridades, incluindo o vice-prefeito Marcelo Sodré, representando o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, e o secretário executivo de pesca e aquicultura, Tiago Bolan Frigo, representando o governador em exercício de Santa Catarina, Mauro De Nadal. Carlos Mello, assessor especial, falou em nome do Ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula. Após a cerimônia de abertura, foi realizado o ritual do corte de atum de 108 quilos na Cozinha Show, seguido do coquetel de abertura.

Na noite de abertura, também foi realizada a entrega do Prêmio Oceanus da pesca e da maricultura. Os homenageados foram:

- Categoria Inovação na Pesca Industrial: Blaze Comércio Exterior LTDA.

- Categoria Inovação na Pesca Artesanal: Colônia Z33.

- Categoria Inovação na Maricultura: Fazenda Marinha Fortaleza das Ostras.

- Categoria Inovação na Piscicultura: Acqua Sul Piscicultura.

- Categoria Pesquisa e Desenvolvimento na Piscicultura: EPAGRI.

- Categoria Inovação no Ensino e Pesquisa em Pesca: Univali.

Na segunda edição, a ExpoMar 2024 promete ser um marco na transformação e inovação do setor de pesca e aquicultura no Brasil.

Realização, patrocínio e apoio

A ExpoMAR é promovida pelo IFC Brasil – International Fish Congress & Fish Expo Brasil com a correalização do SINDIPI - Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região, Univali - Universidade do Vale do Itajaí, Fundep - Fundação de Apoio ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação e prefeitura de Itajaí-SC.

Tem o patrocínio do Secretaria de Aquicultura e Pesca de Santa Catarina, Caixa Econômica Federal, Ministério da Pesca e Aquicultura, Governo Federal, Banco do Brasil, BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina) e Faesc/Senar Santa Catarina.

A ExpoMar tem o apoio da Abipesca - Associação Brasileira das Indústrias de Pescados, ACAQ – Associação Catarinense de Aquicultura, Epagri - Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Conepe - Coletivo Nacional da Pesca e Aquicultura, IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina), Peixe BR - Associação Brasileira da Piscicultura e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

REALIZAÇÃO

IFC

Correalização

Sindipi Prefeitura de itaja Univali Fundep

Patrocínio

Governo de Santa Catarina Caixa Econmica Federal Ministrio da Pesca e Agricultura Banco do Brasil FIESC FAESC SENAR BRDE Sebrae Nauterra

Apoio

Abipesca Acaq Epagri Conepe Instituto Federal Santa Catarina Peixe BR UFSC