Primeira ExpoMAR supera todas as expectativas e se consolida como a vitrine da pesca e maricultura

Compartilhar

Realizada nos dias 29 e 30 de junho, em Itajaí-SC, maior polo da pesca brasileira, a primeira edição da ExpoMAR - Pesca, Maricultura & Logística, reuniu mais de 2.500 participantes e 18h de conteúdo no Seminário Internacional da Pesca e Fórum de Maricultura. Congregando feira e congresso técnico, a ExpoMAR reuniu as principais lideranças dos setores da pesca e da maricultura, pescadores artesanais, armadores, maricultores, indústrias de processamento de pescados, pesquisadores, estudantes e fornecedores da cadeia de suprimentos. A feira reuniu o que tem de melhor em tecnologias para a pesca e maricultura, com 50 empresas apresentando as novidades do mercado, além de realizar negócios.

A abertura oficial da ExpoMAR foi no dia 29 de junho, Dia do Pescador, e recebeu prefeitos, deputados e outra lideranças de todo o país. André de Paula, Ministro da Pesca e da Aquicultura, participou da abertura da ExpoMAR e se reuniu com pescadores artesanais. "A ExpoMAR chega pra ficar. É o maior evento, o maior fórum de debate das questões da pesca e da maricultura no nosso país. Em sua primeira edição já mostrou a que veio, estreou com chave de ouro. Não tenho dúvida de que se consolidou e que será realizada a cada ano de forma crescente". O Ministério da Pesca, ressaltou o Ministro, esteve presente como patrocinador e com todo o seu corpo técnico, ouvindo, planejando em conjunto, debatendo as principais questões do setor. "O Ministério da Pesca está presente porque entende que a ExpoMAR, em Itajaí, é um evento fundamental para o país", finalizou André de Paula.

Agnaldo Hilton dos Santos, presidente do Sindipi (Sindicato dos Armadores e da Indústria da Pesca de Itajaí e Região), destacou que a ExpoMAR veio para ficar. "Já marcou na primeira edição". Para ele, a ExpoMAR deu nova dinâmica à região. "Itajaí voltou para o foco no Estado, no Brasil e no Exterior. O mais importante são as junções que aqui ocorreram, congregando pesca artesanal, industrial e a maricultura. É isso que a gente precisa fazer, todos num só caminho, que é a pesca. Isso vai nos unir cada vez mais e fortalecer, tornando o Estado uma referência cada vez maior no setor". O Sindipi atuou como correalizador da ExpoMAR.


Altemir Gregolin, ex-ministro da pesca e presidente da ExpoMAR, agradeceu a todos que acreditaram na realização da primeira edição da ExpoMAR. "A ExpoMAR não é um evento isolado, veio pra ficar. Será realizada todo ano porque nós queremos que este setor seja protagonista e construa um processo de desenvolvimento sustentável". A ExpoMAR, continuou Gregolin, abre o debate para que os setores da pesca e da maricultura pensem os seus desafios, monte estratégias e busque soluções pensando no longo prazo. "Que o setor seja propositivo do ponto de vista de ações de políticas públicas, do setor privado e que atue de forma articulada". Organizado em pouco mais de 90 dias, a ExpoMAR tem propósitos como construir o protagonismo da pesca brasileira. "Precisamos pensar no desenvolvimento sustentável no longo prazo porque queremos ter peixe, camarão, ostras, mariscos, mexilhão, daqui a cinquenta anos, mais do que temos hoje", salientou.

A organizadora da ExpoMAR, Eliana Panty, destacou que o evento "abriu espaço para que todos compartilhassem sua expertise e tecnologias, unidos por uma pesca e maricultura competitiva e sustentável, visando cumprir a crescente demanda por alimentos saudáveis no Brasil e no mundo".

Lindolfo Rosa, proprietário da Radionaval, empresa que atua com sonares e toda linha eletrônica para bordo considerou a feira muito proveitosa. "Fechamos bons negócios e queremos participar das próximas. A vantagem da Expomar é que é uma feira direcionada e foi muito bom porque veio gente do Brasil inteiro", afirmou..

Sobre a ExpoMAR

A ExpoMAR – pesca, maricultura e logística, foi promovida pelo IFC Brasil - International Fish Congress & Fish Expo Brasil com a correalização da Fundep (Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências), SINDIPI, (Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região) e Univali (Universidade do Vale do Itajaí). O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o Senar SC (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e o BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) patrocinaram o evento. A ExpoMAR recebeu o apoio de instituições como o Ministério da Pesca, Governo do Estado de Santa Catarina, Prefeitura de Itajaí, FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), Abipesca (Associação Brasileira da Indústria de Pesca), Conepe (Conselho Nacional de Estudos Pesqueiros), Fepesc (Federação dos Pescadores de Santa Catarina), Rumar (Instituto Rumo ao Mar), Instituto Federal de Santa Catarina, UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

REALIZAÇÃO

IFC

CORREALIZAÇÃO

SINDIPI Univali FUNDEP Município de Itajaí

PATROCÍNIO

Banco do Brasil
BRDE
Caixa
Faes Senar
Fiesc
Gomes da Costa
Secretaria Executiva Aquicultura e Pesca de Santa Catarina
Ministério de Pesca
Município de Itajaí
SEBRAE

APOIO

Abipesca
Associação Catarinense de Aquicultura
CONEPE
EPAGRI
Instituto Federal de Santa Catarina
PEIXEBR
Universidade Federal de Santa Catarina

EXPOSITORES

100% metais
Coqueiro
Cresol
Deyu
Electra
Equipesca
GL máquinas e equipamentos
Indústria Naval Catarinense
LXZ equipamentos para pesca
Grupo Marquinho
Mazzaferro
Onixtec
Prime Volvo
Rádio naval
Reintjes
Trevisan
Trutteria
Viamare